Posts Tagged 'surftrip'

A calmaria termina…

…em dois sentidos: o inverno chegou e teoricamente as ondas também, e a calmaria que está esse blog termina hoje também.

Estive um pouco fora do ambiente “blog” nestes últimos meses, porém, não do surf. Surfei quase todos os finais de semana, fechei duas viagens de surf para o mês que vem (El Salvador e Califórnia), então vem muito conteúdo para os leitores, que amorosamente me enviaram e-mails pedindo mais posts, dicas, sons, fotos… Então vem bastante conteúdo para as próximas semanas.

Agora a dúvida é: este inverno está bom de onda? Por enquanto, avalio que o inverno anterior estava melhor, pelo menos para mim. Mas acredito que pelo fato de não ter batido os bons swells no final de semana, estou com essa impressão. Eu e meus amigos pegamos sim mares bons nos finais de semana, mas não épicos. Acredito que os três mares clássicos que pegamos foram ainda no verão e outono. Talvez por não ter chegado o swell bem no dia do bate volta, ou por termos escolhido o pico errado, quem vai saber?

De qualquer forma, fica um clipe de um som muito bom, de uma banda muito boa, de New England (estado bem ao norte de NY), e com imagens que mexem muito comigo: surf na friaca total, com neve, amigos, fogueira, violão. Filmadas lá em New England mesmo…

Acho que minha próxima viagem será para um lugar assim, isolado, tranquilo. Para mim, o frio é introspectivo. Estar em um lugar frio, com poucos e bons, faz aprendermos mais sobre nós mesmos, sobre a natureza, sobre a beleza do mundo. Sei lá.

Assistam e comentem se quiserem:

Aloha, inverno!

Anúncios

The Drifter – Taylor Steele / Rob Machado

Caros leitores, antes de mais nada, um ótimo 2010 para todos, regado do melhor surf que o mundo pode nos dar! E desculpem-me pela ausência, mas o período de verão é quando tenho o maior volume no meu trabalho, então acaba sobrando pouco tempo para o blog. Mas estou aqui, postando novamente, tentando sempre mostrar algo do surf para quem ama o surf…

A primeira dica do ano é um filme de surf, que dos poucos que assisti neste ano, com certeza foi o melhor: The Drifter.

Filme com o Rob Machado, dirigido por Taylor Steele, quem já fez bons filmes de surf. Minha admiração pelo surf de Rob Machado começou cedo, logo que comecei a surfar. Mas, como a uns 10 anos atrás o acesso a filmes de surf era mais complicado, até pelo fato de eu ser novo e não ter grana por não trabalhar (meus pais não me davam dinheiro para essas coisas…), tinha que me contentar com as poucas cenas dele que saíam em alguma fita (velho, ein) da Fluir, Hardcore. E o que mais me chama atenção em seu surf é que ele não tem uma linha de surf muito quebrada, cheia de aéreos ou rasgadas “quadradas” nas paredes, e isso me agrada. Parece até que não é ele quem lê a onda e a surfa, e sim a onda que vai se desenhando embaixo de sua prancha, se encaixando ao seu surf, seu estado de espírito no momento. É excepcional.

Além do surf, o filme tem uma construção mais artística, mais melódica, contando uma historinha de uma viagem para a Indonésia. É bem divertido, engraçado, sério, possui uma fotografia fantástica e uma trilha que dá vontade de gravar um CD com as músicas na mesma hora.

Vejam o making off, com alguns comentários, que dá para ter uma idéia:

Agora isso não é nada perto do filme inteiro. Assistam que vale cada minuto, do início até subir as letrinhas (ps.: antes do “The Cast” subir, tem uma sequência de fotos muito bacana, asitam até o final que vale a pena).

Aloha a todos! E muito surf neste ano.